• Professor Filemon

Acentuação Gráfica

REGRAS DE ACENTUAÇÃO GRÁFICA

Acentuação dos monossílabos

Acentuam-se os vocábulos monossílabos tônicos terminados em a, e, o seguidos ou não de s: pé, fé, lá, trás, mês, nós, pó.


Acentuação dos vocábulos oxítonos

Acentuam-se os vocábulos oxítonos terminados em a, e, o (seguidos ou não de s), em e ens: gambá, Paraná, atrás, pajé, mercê, freguês, dominó, paletós, vovô, também, parabéns.


Acentuação dos vocábulos paroxítonos

Acentuam-se os vocábulos paroxítonos terminados em:


  • a) ditongo oral, seguido ou não de s: nódoa, água, planície, história, superfície, espontâneo, ingênuos, cerimônias, jóquei, túneis, úteis;

  • b) -i, -is, -u, -us: lápis, táxi, júri, biquíni, meinácu, bônus, vírus;

  • c) -um, -uns: álbum, álbuns, fórum, médiuns;

  • d) -l -n, -r, -x: móvel, durável, fácil, hífen, pólen, éter, âmbar, revólver, tórax, látex;

  • e) -on, -ons: cânon, elétrons, íons, cátion;

  • f) -ps: bíceps, fórceps, Quéops;

  • g) -ã, -ãs, -ão, ãos: ímã, órfãs, órgão, acórdãos, bênção.

Acentuação dos vocábulos proparoxítonos

Acentuam-se todos os vocábulos proparoxítonos, sem exceção: médico, lâmpada, paralelepípedo, esplêndido, andássemos, nigérrimo


Acentuação dos ditongos abertos

Acentuam-se os vocábulos oxítonos e monossílabos que contenham os ditongos abertos (tônicos) éi, ói, éu, seguidos ou não de s: céu, véus, herói, anzóis, chapéu, carretéis, anéis



Acentuação das letras i e u

Acentuam-se os vocábulos que contenham as letras i ou u, quando são tônicas, formam sílabas sozinhas ou com s, formam hiato com a vogal anterior, desde que não venham seguidas de nh, nem repetidas: saída, faísca, Piauí, baú, balaústre, saúde, distribuí-lo, caíste, juízes.



Se as letras i e u vierem precedidas de ditongo decrescente em palavras paroxítonas, também não haverá acento gráfico. Por exemplo: feiura, Sauipe, boiuna, bocaiuva.


Acentuação diferencial

Ocorre acento diferencial, como sinal distintivo de vocábulos homógrafos, nos seguintes casos:


a) para distinguir o homógrafo tônico pôr (verbo) do homógrafo átono por (preposição);

b) excepcionalmente, para diferenciar o homógrafo tônico fechado pôde (pretérito perfeito do indicativo do verbo poder) do homógrafo tônico aberto pode (presente do indicativo do mesmo verbo);

c) para diferenciar a terceira pessoa do plural dos verbos ter e vir da terceira pessoa do singular: ele tem / eles têm; ele vem / eles vêm.



58 visualizações
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram